Ex-ministro protestante será ordenado sacerdote católico

À esquerda da foto, o futuro padre Drake ao lado de seu bispo, Dom Monforton, rodeado de sua bonita família (só de mulheres!)

O DIÁCONO DRAKE McCalister foi um influente pregador protestante pentecostal. Na última semana (15/5/2019), ele fez questão de agradecer publicamente à maior rede de televisão católica do mundo, a EWTN, assim como à sua fundadora, Madre Angélica, por serem imprescindíveis em sua conversão à Igreja Católica e em sua ordenação sacerdotal próxima...

Drake, de 50 anos, casado e pai de cinco filhos, será ordenado sacerdote em 21 de junho de 2019, após quase 10 anos de preparação. O diácono recebeu uma dispensa de seu bispo, Dom Jeffrey Marc Monforton, da Diocese de Steubenville (Ohio), para ser ordenado sem a obrigação do celibato. Casos como este são raros e acontecem com uma análise rigorosa do clero, sob certas circunstâncias, como quando alguém, que anteriormente era um ministro anglicano ou episcopal, converte-se ao catolicismo e deseja ser sacerdote.

Em entrevista à CNA – agência em inglês do Grupo ACI – Drake assegurou que Jesus Cristo o chamou ao sacerdócio e que esta "não é a primeira vez que [o Senhor] pede a ele para fazer algo radical".

Há vinte anos, o diácono era um jovem e sincero protestante pentecostal que pedia constantemente orientação a Deus através da oração. Naquela época, sentiu o chamado de Deus para dedicar sua vida e começou a se preparar, como era natural para ele, em sua denominação protestante.

Drake se casou, teve filhos, formou-se em Teologia e iniciou um período de 13 anos como ministro pentecostal. Entretanto, em 1999, sentiu-se atraído pela Igreja Católica assistindo ao programa "Catholic Answers Live" da EWTN.

– "[Minha conversão] começou através da rádio EWTN, que inicialmente foi a minha principal fonte de informação sobre a Igreja Católica; eu realmente não conhecia nenhum católico. Não estava de acordo com toda a Teologia, mas os apresentadores eram criativos, evangelizadores, estavam centrados em Cristo, conheciam a sua Bíblia. Eu nunca tinha me encontrado com um católico que tivesse todas estas qualidades.”

O então pastor pentecostal decidiu continuar escutando o programa, não "pelo conteúdo", mas "para descobrir se eram os dois únicos católicos entusiasmados na face da Terra", segundo suas próprias palavras. "Quanto mais escutava, mais eu me sentia atraído pela Igreja Católica. Comecei a fazer minha própria pesquisa, lendo documentos da Igreja, dos Padres da Igreja e dos Papas e Santos".

"Estava menos interessado no que as pessoas tinham a dizer sobre o catolicismo do que o que o catolicismo dizia sobre si mesmo em documentos oficiais e na história da Igreja", contou. Depois de estudar por cinco anos e conversar seriamente com sua esposa, o casal decidiu ser batizado na Igreja Católica junto com seus filhos. Isso foi no ano 2004. Drake também atribuiu sua conversão à Madre Angélica, por ela ter fundado a EWTN.

Pouco depois, mudaram-se para Steubenville, Ohio, e Drake se formou em Teologia e Catequese pela Universidade Franciscana, onde agora trabalha como coordenador de práticas catequéticas. Foi somente em 2010 que o pai da família considerou tornar-se membro do clero, quando sua diocese iniciou o primeiro programa de diaconato para diáconos permanentes.

"Quero servir às pessoas da minha paróquia, assim, quando se apresentou a oportunidade de fazer o diaconato, eu me apresentei. Pensei: 'Isso é genial, posso fazê-lo sendo um homem casado'”, disse. Afirmou ainda que o Espírito Santo, depois, o chamava a fazer algo mais: "Encorajava-me a dizer que precisava fazer-me a pergunta: se eu era qualificado para a dispensa do requisito do celibato e assim ter acesso ao sacerdócio”.

Drake explicou que "tais solicitações são consideradas caso a caso". Mais tarde, quando seu bispo confirmou que uma dispensa poderia ser possível em seu caso, começou seriamente a considerar o sacerdócio e assegurou ao diretor de seu programa de diaconato que seu "único desejo é ser obediente a Jesus Cristo".

"Por isso que deixei tudo”, para “entrar na Igreja Católica, foi o meu amor por Jesus Cristo, e o Senhor está abrindo essa porta e tocando meu coração. Eu não preciso ser um sacerdote como se estivesse cumprindo algum tipo de desejo pessoal, meu desejo é simplesmente ser obediente", contou Drake.

Durante o processo, enquanto recebia a permissão da Santa Sé, rezava e discernia, passaram-se aproximadamente 10 anos de preparação para ser ordenado. Drake acredita que sua história única e sua história vocacional servirão para ele como futuro sacerdote.

Em relação a ser um homem casado, não sabe exatamente como isso afetará o seu ministério, mas planeja aproveitar a vida familiar em suas homilias. Não é comum que os sacerdotes latinos sejam casados, disse, embora outros ritos dentro da Igreja Católica o permitam segundo determinadas circunstâncias. "Não sou um ativista. Ou seja, eu não estou aqui para defender o fim do celibato no sacerdócio... Eu estou aqui para servir a Cristo e levar as pessoas a Jesus", afirmou.

Quando perguntado sobre o que mais o emociona em seu sacerdócio, Drake respondeu: "Posso dizer tudo? A Missa e a missão. A vida no Espírito e a participação na missão, essas são as duas coisas que me interessam e pelas quais estou animado".


** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!**

____
Fonte:
ACI Digital, 'Ex-protestante será ordenado sacerdote e agradece EWTN pela sua conversão', em:
acidigital.com/noticias/ex-protestante-sera-ordenado-sacerdote-e-agradece-ewtn-pela-sua-conversao-30216
Acesso 18/5/2019

Um comentário:

  1. A paz de Jesus Cristo. Que maravilhoso relato! Um protestante que descobre a verdadeira Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo. Que outros homens, mesmo que casados, possam ser ordenados Presbíteros, claro, com cada caso sendo analisado pelo Bispo e em conformidade com o Cânon da Santa Igreja. Salve Maria!

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir