O conservadorismo explicado – em 5 breves parágrafos


Por Prof. Guilherme Freire

O CONSERVADORISMO NÃO visa a preservação do Status Quo. Esse é o conceito popular de “conservador”. O conservador autêntico preserva o que há de bom de acordo com a ordem da Lei Natural. Por isso Lincoln, ao preservar o movimento abolicionista, foi um autêntico conservador. As novidades boas precisam ser preservadas. 

“Ah mas isso é ideologia...”. Não. Trata-se de uma tentativa de fugir da ideologia. Por isso detesto o termo “direita”; o conservadorismo não é uma reação contra a “esquerda”, mas uma afirmação positiva acerca de uma ordem. 

Para ser conservador não é necessário ser cristão, na medida em que a percepção da Lei Natural se dá pela razão comum (sem a necessidade da Revelação especial), por isso Platão e Aristóteles eram autênticos conservadores. 

Os americanos tentaram aproximar o conservadorismo dos libertários, isso é possível apenas em alguns aspectos não essenciais. Os conservadores autênticos tendem a ser comunitaristas [que nada tem a ver com comunistas] e não individualistas (também não são coletivistas). 

“Com essa palavra e conjunto de ideias você vai afastar e dividir as pessoas...”. Não sou um propagandista, minha finalidade não é simplesmente “atrair”, mas buscar a verdade. Qualquer pessoa que afirme defender algo já aborrece outras tantas. Faz parte. Prefiro, portanto, insistir no uso correto do termo.

** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!
www.ofielcatolico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail