Padre Paulo Ricardo: 'Mentiras e manipulação a favor do aborto' – #revoga2do128


EM MOMENTO MAIS QUE OPORTUNO, o Padre Paulo Ricardo traz a público uma história muito semelhante ao lamentável caso de aborto ocorrido recentemente em Pernambuco envolvendo uma menina de 10 anos. Trata-se do "Caso Alagoinha": uma história de morte e de mentiras, mas sobretudo, uma história de grandes interesses ocultos. 

Neste vídeo especial (assista mais abaixo), um dos mais importantes já gravados pelo Padre, descobriremos como as organizações bilionárias que promovem o aborto no Brasil têm explorado as brechas legais de nosso ordenamento jurídico para manipular a opinião pública a seu favor e fazer avançar a causa da morte.

É fundamental que você, brasileiro contrário ao aborto, assista a este vídeo até o final e compartilhe essas importantíssimas informações com o máximo de pessoas possível, usando os dizeres: #revoga2do128!

Não deixe de votar na enquete da Câmara dos Deputados A FAVOR da PL 2893/2019, que revoga o dispositivo "legal" que trata do "aborto necessário" e do "aborto em caso de estupro". Acesse aqui e escolha "CONCORDO TOTALMENTE".





__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir