Enquanto 'especialistas' no Brasil dizem que cristofobia não existe, casamentos e funerais cristãos foram proibidos na China comunista


A  REVISTA ITALIANA "Bitter Winter Magazine", uma publicação dedicada à liberdade religiosa e aos direitos humanos na China, relatou que as autoridades chinesas – com as quais o Vaticano atualmente mantém um acordo de cooperação mútua – proibiram arbitrariamente qualquer realização de matrimônios e funerais cristãos, bem como também os de outras religiões(!).


Um dos lugares onde isso ocorreu foi no condado de Fengqiu, província de Hebei. Neste local, os casamentos e funerais cristãos estão simplesmente proibidos, desde maio deste ano. Essas disposições foram aplicadas em outras áreas da província de Hebei, segundo a publicação, em nota publicada poucos dias antes da renovação do acordo entre o Vaticano e a China para a nomeação de bispos .


• Em 27 de agosto, a polícia invadiu um funeral na casa de um homem de 73 anos no condado de Xinye. Uma dúzia de policiais em carros e motocicletas bloquearam o cortejo fúnebre precedido pela família a caminho do cemitério(!).


• Os agentes confiscaram a Cruze faixas fúnebres(!) com dizeres bíblicos, e detiveram alguns dos participantes sem absolutamente nenhuma outra razão a não ser o fato de confessarem a fé em Cristo. A polícia disse que funerais religiosos são proibidos, tirou fotos dos presos, registrou suas informações pessoais e as divulgou publicamente(!).


• Em agosto, uma família cristã na cidade de Anyang convidou o coro e os músicos de sua igreja para cantar hinos após a morte de um membro da família. As autoridades souberam do fato e ameaçaram prender qualquer pessoa que comparecesse ao funeral. Em decorrência disso, ninguém compareceu.


• Em 8 de maio, as autoridades penalizaram uma igreja protestante em Anyang por permitir que um coro e músicos comparecessem ao casamento de um membro do grupo. Os oficiais repreenderam severamente o líder da igreja e ordenaram que fosse fechada por um mês.


• Uma mulher de 90 anos pediu que seu funeral fosse cristão, mas a família não pôde fazê-lo por medo das regulamentações governamentais na cidade de Yanshi. "Minha mãe sempre acreditou no Senhor, mas não conseguia ver seu último desejo realizado", disse a filha da falecida entre lágrimas.

Antes destes fatos, em novembro deste ano 2020, toda uma congregação de freiras católicas foram consideradas "perigosas" e expulsas do seu convento na província de Shanxi, no norte do China (saiba mais). Todos esses fatos ocorrem ao mesmo tempo em que militantes de esquerda travestidos de "especialistas" de todos os tipos opinam no sentido de que a cristofobia denunciada recentemente pelo presidente Bolsonaro simplesmente não existe. Há alguns anos, em sentido contrário, a "presidenta" Dilma Roussef se manifestava preocupada com uma imaginária "islamofobia" existente no Brasil, algo que nunca foi contestado pelos mesmos pseudoentendidos.




_____
ACI Digital, 'China: Autoridades prohíben matrimonios y funerales cristianos', em:
https://www.aciprensa.com/noticias/china-autoridades-prohiben-matrimonios-y-funerales-cristianos-37390
Acesso 4/11/2020

Um comentário:

  1. AOS PENSANTES POLITICAMENTE CORRETOS, UNS ANTI CRISTÃOS, CRISTIANOFOBIA É ALGO FALSO!
    QUANTAS PARADAS GAYS NÃO MOSTRARAM SANTOS CATÓLICOS SACRILEGAMENTE TRAVESTIDOS DE GAYS?
    Numa delas mesmas já vi abusos contra santos e mesmo a N Senhor POR vários vilipêndios, mas no futuro para se mudar numa China não custará nada, ainda mais com implantação da Agenda 2030 da ONU, do GREAT RESET, de um mundo sem o Senhor Deus, portanto, nas mãos do diabo!

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir