Profanação, blasfêmia e invocação de demônios dentro da Igreja!


OCORREU RECENTEMENTE, na Basílica da Imaculada Conceição em Botafogo, RJ, mais uma terrível profanação. Trata-se de um show realizado no presbitério da basílica, com temática "Hare Krishna", bem diante do Sacrário onde se encontra enclausurado, por amor a nós, Nosso Senhor Jesus Cristo. Esse acontecimento não é algo isolado nessa arquidiocese e, por isso, nossos irmãos em Cristo e Parceiros do Centro Dom Bosco de imediato alertaram e suplicam às autoridades eclesiásticas competentes para que se façam atos em desagravo e que se repreendam com firmeza quaisquer novas iniciativas desse tipo.

4 comentários:

  1. sou leitor deste site, e até gosto mas as vezes me faço uma pergunta pra mim mesmo, realmente este pessoal é realmente católicos, com tantos absurdos que postam se dirigindo a igreja católica? se já não bastasse os que estão por ai com suas armadilhas tentado nos destruir ,lamentável!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ???

      E o que deveríamos nós fazer então, como apostolado católico que somos? Fingir que a profanação não aconteceu? Esconder nossas caras debaixo da terra, feito avestruzes, numa patética tentativa de fugir à realidade que grita?

      Ora, é por amor à Igreja que não podemos nos omitir diante de situações como esta! E que Deus nos livre de sermos mornos, porque os mornos serão vomitados do Corpo Místico (Ap 3,15s).

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo
      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Essa é boa... Então para você o absurdo não é profanar a basílica, mas sim denunciar e alertar os fiéis católicos do fato, explicando o porque de ser uma profanação. O certo é fechar os olhos e fingir que está tudo bem? Que essa macumba Hare Krishna dentro da Igreja na frente do sacrário e do altar é algo bom? É algo normal? Que não é para nos indignarmos? Você diz: "sou leitor deste site, e até gosto mas as vezes me faço uma pergunta pra mim mesmo, realmente este pessoal é realmente católicos...". Talvez seja o caso de você começar a fazer essa pergunta sobre si mesmo.

      Excluir
  2. Eis aqui uma tentativa de interpretação do Movimento pagão subdivido em diferentes correntes Hare Krishna no Brasil, pois não há quem certamente quem não tenha visto um grupo de devotos Hare Krishna cantando e dançando em algum lugar da cidade, com suas roupas exóticas, alaranjadas e com as cabeças raspadas, eles inegavelmente chamam a nossa atenção
    Quando começamos a ouvir suas pregações, o espanto aumenta ao vermos que dedicam toda a vida à adoração de um deus em forma de menino, pastor de vacas e de cor azulada e nossa primeira pergunta é, sem duvida, como é possível uma religião védica de cinco mil anos atrás, servivida aqui, no alvorecer do século vinte e um por pessoas que não têm nenhuma tradição religiosa oriental no Brasil, senão cristã, vinda do satânico e reencarnacionista quase geral do imenso mosaico religioso oriental?
    Por que será que essas pessoas abandonam suas origens, largam valores, famílias, empregos, e vão dedicar-se a uma religião exótica e distante? Quais são osmsignificados atribuídos pelos devotos dessa religião "estranha" e pagã na vivência de suas experiências cotidianas e caem no interior desse estranho e desconhecido universo? Passam antes de serem admitidas por profundas lavagens cerebrais - que nos transpareceria!
    Antes de abordar especialmente o relativamente recente Movimento Hare Krishna no Brasil, convém localizar esta religião no seu país de origem, a Índia, sendo o Movimento Hare Krishna um dentre as inúmeras vertentes religiosas do relativismo e espiritualismo hinduísta, antítese do cristianismo católico.

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir